Patrocinado por:

Organize-se

Como organizar uma viagem com bebês

Fotos: Image.net

Para que o trajeto seja tranquilo, confira o que não pode faltar na mala ao viajar de carro, ônibus e avião

Vai viajar com os filhos pequenos nas férias de julho? Não importa se vão de carro, ônibus ou avião: é fundamental ter à mão uma bagagem que contenha tudo o que a criança pode precisar durante o trajeto. Para ajudar na organização, confira dicas e listas de tudo aquilo que não pode faltar nesses três tipos de viagem.

 

Viagem de carro
O meio mais comum de realizar viagens curtas pode ser bastante cansativo para os bebês. A produtora gráfica Gheisa Baldessin, mãe do Antonio, de 2 anos, dá a dica: “Como o Antonio é muito ativo, acaba se irritando durante a viagem. Por isso, definimos algumas paradas para ele sair da cadeirinha e andar um pouco. Sinto que isso melhora o seu humor”. Ela ainda alerta: “Como o bebê fica muito tempo sentado, o risco de o xixi vazar e molhar a criança é grande”. Além das dicas da Gheisa, é preciso preparar uma mala especial, com roupa e alimentos, e deixá-la em um local de fácil acesso no carro, não no porta-malas.

 

Veja o que não pode faltar na viagem:

 

- Cadeira especial para bebês e crianças

- Água e leite

- Lanche e frutas envolvidas em alumínios ou em recipientes térmicos
- Fraldas descartáveis

- Lenços umedecidos

- Fralda de pano ou toalha para higienização de mãos e boca

- Chupeta

- Roupas

- Cobertor ou manta
- Travesseiro

- Livro, brinquedo ou algo para distrair o bebê

- Saco plástico, caso o bebê enjoe
- Remédios para emergência

 

Viagem de ônibus
O percurso de ônibus é parecido com o de carro, mas um pouco mais limitado na questão do espaço. Leve na bagagem de mão tudo o que a criança pode precisar durante o trajeto e aproveite as paradas para preparar mamadeiras, trocar fraldas e alimentar o bebê com mais tranquilidade. A viagem durante a noite tende a ser mais sossegada para as crianças. Por isso, não deixe o pequeno dormir durante o dia para que faça isso à noite.

 

Veja o que não pode faltar na viagem:

 

- Certidão de nascimento ou cédula de identidade da criança
- Leite e água
- Lanche e frutas envolvidas em alumínios ou em recipientes térmicos

- Fraldas descartáveis
- Lenços umedecidos
- Fralda de pano ou toalha para higienização de mãos e boca
- Chupeta

- Cobertor
- Roupas
- Brinquedos não barulhentos, para distrair a criança
- Saco plástico, caso o bebê enjoe
- Remédios para emergência

 

Viagem de avião
Dependendo da distância, a viagem de avião pode até ser rápida, mas o processo de embarque no aeroporto é demorado. Por isso, é importante ter à mão uma mamadeira pronta ou um lanche para que a criança não fique com fome durante o trajeto. “Pode levar o que o bebê come normalmente, como leite ou biscoito”, dá a dica Maria Rosa Albiero, mãe de Caetano, de 4 anos.

 

Ela diz que, em viagens internacionais, a companhia aérea oferece um cardápio especial para os pequenos durante o voo. E alerta: como a temperatura é mais baixa no interior do avião, um casaco mais quentinho é indispensável. Além disso, ter uma chupeta ou uma mamadeira à disposição ajuda a minimizar o efeito da pressão do ar nos ouvidos da criança.

 

É importante estar atento à quantidade de líquidos na bagagem, que não pode passar de 100 ml. Uma garrafa térmica com água quente para o preparo da mamadeira pode ser aceita pela segurança, já que é destinada à alimentação do pequeno, mas, para evitar transtornos e não depender do bom senso dos funcionários da segurança, você pode usar a água em temperatura ambiente disponível no interior do avião.

 

Veja o que não pode faltar na viagem:

 

- Certidão de nascimento ou cédula de identidade da criança
- Passaporte (dependendo do país de destino)
- Em viagens para o exterior com apenas um dos pais, é necessária a autorização do outro. O modelo do documento fica disponível no site da Corregedoria Geral da Justiça  (http://tj.sp.gov.br/Corregedoria/AutorizacaoViagemCriancaAdolescente.aspx)
- Leite em pó
- Lanche

- Fraldas descartáveis
- Roupas, inclusive casacos

- Cobertor
- Lenços umedecidos
- Fralda de pano ou toalha para higienização de mãos e boca
- Chupeta

- Brinquedos para distrair a criança
- Remédios para emergência
- Carrinho (que pode ser levado até a porta do avião)



Coletânea Editorial
Especial para o Terra



Comentários

patricia maregatti - 19/06/2011

na alfândega do aeroporto de cumbica diz que ñ se pode viajar carregando leite em pó para o bebê.

  • 1 de 1
  • 1
Floco de gelo

Veja Também

» Conheça o Terra em outros países
Resolução mínima de 1024x768 © Copyright 2011, Terra Networks Brasil S/A / Proibida sua reprodução total ou parcial